Ocupe seu Lugar

Por Kássia Rocha
Será possível apenas vermos estradas desertas, lugares vazios e manhãs adormecidas?

Não desole ou esqueça o lugar pertencente a ti.
Talvez eu passe por lá...

Não se habitue a indiferença.
Mantenha sua crença, porém evolua em suas ideais posturas.

Somente uns contos de Réis, 
uns poucos olheiros a observar o desnível humanitário.

A revolta surge-me como um fel e não me calará,
por mais que me dizem: Calai!

Quantos pregos será necessário para você sentir,
o quanto vale sua vida...sua alma.

Agora existem novos descaminhos,
de não saber o que seguir e se perder em inconscientes misturas.

Ordene seus objetivos e adentre no mundo dos vivos
Questione, crie e recrie fases 

Construa novos e inovadores alicerces
Quando se deteriora o alicerce resta-nos o caos, tudo desaba.

Não deixe que as manhãs solitárias deturbem seus pensamentos e ocupe sua mente.
Seja fuga, 
seja fogo, 
seja intenso com renovo.

Já basta uma alma vazia, detalhes riscados,
vida sem nado...sobreviva.

Revide os conformismos, ocupe o seu Lugar!

0 comentários:

Postar um comentário