Sotaques Clandestinos

Por Kássia Rocha
Vemos tudo ou nada!
Engraçado como se transformam os lugares, os cheiros, os olhares. Pensamentos mudam - a frequência já não é a mesma - as linguagens difundem diante dum aço ou ferro maciço.

Grandes afirmações se mascaram por horas, um fio de esperança irradia desordenadamente no curto espaço e tempo, os costumes se abstraem nas diversidades de classes, status e posses. Tudo é relevante, por vezes, poderiam ser...
...Canso-me olhando o caldo marrom glacê de palavras ao vento, atos com efêmeros juramentos. Figura ilusória engana-se quem queira cada qual com a sua “verdade” ou prioridade. Mudamos de jeito, fala e postura, se resumir a um tipo comum sem espasmos e aprendizado seria quase impossível, estamos aqui mudando tudo ou mudando nada, esse “nada” ainda piora quando resolvemos mudar as cegas, no escuro, seguindo um atalho nunca antes experimentado, obscuro – com pontos marcantes que traçarão a sua trajetória.

As trajetórias são simplesmente inaladas como triunfantes vitórias – somente sua vitória – o riso sai-me pelos cantos dos lábios, chorar ainda não me permito ao ver a desgraça perante as “declarações afetuosas” burburinhos de rosas, um conforto assimilado por tantos, seria de tamanho apreço quando acordares após uma LUA DE MEL, que amanhecer será este? Estará pronta para se apresentar a condenatória realidade, mediante as suas escolhas cairá o véu nebuloso, e verá com clareza a extrema delicadeza se enturvar e descer sob o caule de cinzas, ou seja, você irá encarar uma vida escolhida como infinda alegria tornar-se-á um desafio de sobrevivência - serás objeto, auxilio, escoro de almas doentias. Acorde!

Sotaques pretenciosos, entendidos como “ingênuos humildes” queria eu poder compartilhar contigo em sua afável visão, acorda menina ou mulher já vivida, que quer ser clandestina, e gozar boa vida, nada vem fácil – Tome cuidado!

Pagamos nossas contas, vivemos sob os juros, sonhamos em “futuros” mais a realidade rebate, não se iluda com essa onda que invade sua praia deserta, mulher terás o tempo certo de sua clandestinidade, não aceite os fluentes sotaques como verdades ou sonho almejado, eles enganam averígue sua origem e procedência legitima, deixe sua razão falar, nessa hora a emoção ilude e muda qualquer figura e verdade.

5 comentários:

Drisph disse...

Que lindo Cacá!
Encantador o teu texto; aqui também vejo uma poeta...
Um repique de verdade há em todo o texto, traduz aquilo que não se pode ver com os olhos, para senti-lo precisa-se ler de olhos fechados, com a alma... Esses são os melhores poemas.
Já estou seguindo o seu blog minha flor!
Quero convidá-la a participar todo mês do sorteio de livros em meu blog, para participar, basta seguir o blog. Este mês de agosto serão sorteado três livros que já estão dispostos no blog!
Um sonho bonito a você
Obrigada pela visita elegante.
Adriana

Anônimo disse...

lindos poemas ;grande poetiza tudo maravilhoso .
está m uito bem em tudo
sua amiga ,mercedes!!!.
.

Luciano Nunes disse...

Que linda sua poesia. És poeta. Parabens pelo texto. Desejo a voce muito sucesso e inspiração.

Drisph disse...

Estou visitando os seguidores do blog “o diário de uma poetisa”, para lembrar-lhes, que com muito carinho, do sorteio do dia 10/08 via youtube dos livros:
• Os Olhos de Thera – Leia Kiuski (http://www.bookess.com/read/7095-os-olhos-de-thera-revelacoes/)
• Entre a vingança e o futuro – João Bernardo (http://www.bookess.com/read/8683-entre-a-vinganca-e-o-futuro-/)
• 12 anos...? – Klever Cavalcanti (http://www.bookess.com/read/7411-12-anos/)
• O diário de Milena Liebe – Denir Pereira (http://www.bookess.com/profile/denir/messages/ )
• Entre nós dois – Gustavo Silva (http://www.clubedeautores.com.br/book/48694--Entre_nos_dois)
• O voo da estirpe – Adriana V. de Aguiar(http://www.bookess.com/read/9059-o-voo-da-estirpe/)
• Poesia das pétalas - Adriana V. de Aguiar (http://www.bookess.com/read/9056-poesia-das-petalas/)
E gostaria de saber, para facilitar o sorteio, se você for contemplado, com qual desses livros gostaria de sê-lo? Caso seja um dos contemplados, e se no momento, eu não tiver esta informação, darei como livro, o remanescente entre os escolhidos (por favor, por na ordem de três, caso haja empate em escolhas entre os outros seguidores, o que será decidido pela ordem do sorteio).
Lembrando sempre, que esta é uma iniciativa entre nós, os novos escritores, em busca de um espaço em sua estante. Qualquer sugestão, ou interesse de participar com teu livro (se o tiver) nesta promoção, contate-me pelo email: escritoradriana@hotmail.com
Obrigada pela confiança, carinho e respeito.

Greyci Marcon disse...

Muito legal!!
É verdade, tudo muda quando estamos em outros lugares!! Cada um tem o seu jeitinho... rsrs

Amo o seu Blog, continue assim sempre!!

Deus abençoe!
Beijos

Postar um comentário