Morre Orestes Quércia, um dos fundadores do PMDB

24 de dezembro de 2010 11h29 

O político Orestes Quércia, um dos fundadores do PMDB,  morreu nesta sexta-feira em São Paulo aos 72 anos devido a um câncer de próstata, informaram fontes oficiais.
Quércia foi senador, deputado federal e governador do estado de São Paulo entre 1987 e 1991, cuja gestão foi denegrida por acusações de corrupção.

O político contribuiu ativamente ao processo de redemocratização do país, que terminou com a ditadura militar em 1985.
Entre 1991 e 1993 ocupou o cargo de presidente do partido e como líder do PMDB impulsionou o processo de cassação do presidente Fernando Collor de Mello, que se viu obrigado a renunciar em 1992 por causa de um escândalo de corrupção.



Quércia se apresentou às eleições presidenciais de 1994 nas quais ganhou Fernando Henrique Cardoso, mas foi derrotado de forma contundente, ao terminar em quarto lugar, com uma pequena margem de votos.
 
Depois fracassou em sucessivas eleições nas quais concorreu de novo ao Governo de São Paulo e ao Senado.


0 comentários:

Postar um comentário