Previna e trate as queimaduras de sol

Cuidados com a insolação evitam sintomas como a pele ardendo e as dores pelo corpo.

Por Roberta Vilela
PUBLICIDADE
tamanho da letra: A- A+
Esquecer o tempo na beira da piscina ou na praia é uma maneira de relaxar que pode custar caro à saúde. A falta de cuidados com os raios solares é a principal causa de insolação, problema para lá conhecido, mas ainda comum na estação mais quente do ano.

De acordo com a dermatologista Mônica Carvalho, insolação é o termo que as pessoas usam quando sofrem uma queimadura solar mais grave e, eventualmente, até uma desidratação. Bolhas, inchaço, febre, dores no corpo e náuseas são os sintomas de que houve negligência quanto ao sol. "Quem passa por um quadro deste precisa ficar longe da praia e da piscina por, pelo menos, uma semana", afirma a médica. A seguir, ela ensina como evitar esses incômodos e, no caso de quem já abusou, como amenizar os sintomas. 
mulher queimada de sol - foto Getty Images
7 dicas para prevenir insolação

1- Não se exponha muito tempo a uma temperatura elevada, além dos riscos de desidratação, você pode ficar com queimaduras solares.

2- Usar protetor solar é imprescindível, mas lembre-se sempre: apesar de proteger, ele não é uma barreira contra o sol. Chapéu, óculos escuros com proteção certificada e guarda-sol também são necessários.

3- O horário ideal para se expor ao sol é antes das 10 e depois das 16 horas. Os raios solares UVB (que causam as queimaduras) são mais fortes entre esse período e devem ser evitados.

4- Mesmo nos períodos de sol mais suave, nunca se exponha mais do que duas horas seguidas. 
5- Um bebê não deve ficar mais de dez minutos no sol, mesmo de manhã cedo ou no final da tarde. A pele ainda é muito sensível para este tipo de exposição.

6- A quantidade ideal de protetor solar é de, pelo menos, uma xícara de café cheia para o corpo inteiro, não economize na hora de espalhar o produto. Essa quantidade varia se você estiver acima do peso.

7- Reaplique o protetor a cada duas horas e após banhos de mar ou piscina.

8- O fator solar depende do tom da sua pele. Veja qual o seu caso e aplique bem no corpo e no rosto:
Pele muito branca - corpo: FPS 40 rosto: FPS 60
Pele branca normal - corpo: FPS 30 rosto: 30
Pele morena ou negra - corpo: 15 rosto: 30 
proteção solar - foto Getty Images
6 métodos de aliviar os efeitos da insolação

1- Use compressas de água gelada. Elas podem ser feitas com toalhas macias ou gazes hospitalares e ajudam a baixar a temperatura corporal.

2- Tome bastante líquido: água gelada, sucos naturais, água de coco. Essas bebidas combatem a desidratação causada pela exposição ao sol.

3- Prefira ficar em locais frescos e na sombra. Se estiver em casa, ligue o ar-condicionado ou o ventilador. Isso ajuda a manter a temperatura do corpo sem febre. 
4- Fique em repouso. Tire um cochilo, descanse e não se esforce. As vítimas de insolação costumam sentir cansaço e dores, sendo o repouso uma das melhores armas contra esses sintomas.

5- Não é bom passar cremes no momento em que sofre a insolação. A fricção na pele neste estado é muito dolorosa. Se, mesmo assim, você quiser usar algum produto, fale antes com o dermatologista. Alguns cremes podem causar ainda mais irritação na pele.

6- Se sintomas de febre, calafrio, vômito ou tremor começarem a surgir, vá ao pronto-socorro mais próximo e em busca de orientação médica.



http://msn.minhavida.com.br/conteudo/12618-Previna-e-trate-as-queimaduras-de-sol.htm

0 comentários:

Postar um comentário