O Sabor da Rosa

por Kássia Rocha

Que bela Rosa és,
o gentil olhar, a doçura no cantar.
Um canto volumoso e saudoso
Esse olhar afetuoso,
com um receio permeado.

Apenas o deleite de sonhar
O sonho se repele por distâncias
Esperanças desgastadas
como a estrada do sertão
de cinzas, poeiras e alucinação.

Que sabor terá sua vitória
Seu jeito, sua glória!
O pedaço íntimo seu
que espero almeja-lo
Chegará o dia esperado

Ó rosa emancipada
Desde nova alado
Emana sua volúpia
Quero sentir o sabor
e o demasiado Amor

No seu crescer desabrochou
De seus martírios e desolações
Intelecto e fecundo saber
O inebriante profundo ser
Quão esplendorosa se tornou

Passam ventos e estações
aprimorando suas pétalas
Deliberada riqueza e primores
Minha Rosa,
assim serão seus sabores.

1 comentários:

Anônimo disse...

adorei muito, tudo de bom !!! @nadhyelson

Postar um comentário